PARCERIA:

AMparadesporto - Minas Quad Rugby

JAVALI.jpg
IMG-20210307-WA0016.jpg

Parceria que tem dado certo!

Em 2020 a Associação Esportiva Minas Gerais Quad Rugby (MQR) se tornou clube filiado à Associação Mineira do Paradesporto.

O Minas Quad Rugby foi fundado em 2013 voltado ao Rugby em Cadeira de Rodas sendo a única instituição que desenvolve esta modalidade paralímpica em Minas Gerais.

Resultados expressivos no cenário nacional:

Atletas convocados para Seleção Brasileira 2021:

Leandro; Júlio, Kadu, Davi, Thiago, Flávio e Julierme.

Técnico convocado para Seleção Brasileira 2021 – Rafael

Técnico convocado da Seleção Brasileiro em desenvolvimento 2021 - Gustavo

Tetracampeão Brasileiro – 2016, 2017, 2018, 2019.

Melhor atleta das Américas – (IWRF 2017)

Atleta entre os 10 melhores do mundo – (IWRF 2017)

Um pouco mais sobre a modalidade, segundo o site do Comitê Paralímpico Brasileiro (https://www.cpb.org.br/modalidades/65/rugbi-em-cr):

“O rugby em cadeira de rodas nasceu na década de 1970, em Winnipeg, no Canadá, e foi desenvolvido por atletas tetraplégicos.

Competem no esporte tanto homens quanto mulheres (não há divisão de gênero) com tetraplegia ou deficiências nas quais as sequelas sejam parecidas com a de um tetra. No Brasil, a modalidade é administrada pela Associação Brasileira de Rugby em Cadeira de Rodas (ABRC).

A primeira vez nos Jogos Paralímpicos foi em Atlanta 1996, como esporte de demonstração. A estreia oficial ocorreu quatro anos depois, em Sydney 2000. A Seleção verde e amarela fez, no Rio 2016, sua estreia em Jogos Paralímpicos.

Os jogos ocorrem em quadras de 15m de largura por 28m de comprimento e têm 4 períodos de 8 minutos. O objetivo é passar da linha do gol com as duas rodas da cadeira e a bola nas mãos. Assim como no rugby convencional, a modalidade para cadeirantes tem muito contato físico. São quatro atletas em cada equipe, que contam ainda com 8 reservas cada.”

  • Facebook
  • Instagram
IMG-20210307-WA0021.jpg